Utopia do cronômetro

Cronometro para Vendas

Vivemos em um momento de competitividade acelerada.

Por um lado, parece que a velocidade dos acontecimentos cresce a cada ano.

Novos concorrentes brotam do nada, clientes deixam de comprar, investimentos se fazem necessários, despesas surgindo com vencimento em curto prazo.

E por outro lado, o mundo parece estar em slow motion, lentinho, quando buscamos conquistar novos clientes, implantar algum processo novo ou receber algum produto ou serviço comprado de algum fornecedor.

É a utopia do cronômetro. Lento quando queremos e rapidíssimo quando não queremos.

Clique agora aqui  e siga o @drvendas no Twitter e fique atualizado!

Esta divagação acima permite avaliar o mundo de negócios em que vivemos. E fazer um paralelo com minha proposta de negócios.

Nos últimos 20 anos, me especializei na formação e reestruturação de canais de vendas, ou utilizando outro termo muito conhecido: canais de distribuição.  Neste período participei de projetos que deram ótimos resultados, mas também tivemos momentos de resultados abaixo do esperado, que nos permitiu avaliar onde erramos. Ainda bem, que estes foram poucos. Mas esta experiência, aliada a uma busca incessante de evolução gerou um grande aprendizado.

O primeiro foi de formar e gerir equipes de vendas vencedoras. Equipes próprias, terceirizadas, através de representantes, pela Internet, etc. Foram vários projetos vencedores.

Mas depois percebi que para um verdadeiro grande resultado de vendas era necessário que as empresas tivessem uma solidez estratégica para potencializar estes resultados. Várias vezes assisti o resultado (receita) das altas vendas escoando pelo ralo (altos custos) por causa de falta de planejamento, de gestão ou de posicionamento inadequado.

Portanto, busquei desenvolver competências e experiências acadêmicas e práticas para solidificar minhas ações e contribuir melhor com as empresas clientes.

Do marketing, entendi a importância de estudar o composto ou mix de variáveis que geram valor para o consumidor e o influenciam.

Do planejamento, que podemos nos preparar para antever cenários e redirecionar esforços e investimentos a fim de eliminar, minimizar e potencializar impactos futuros.

Da gestão estratégica, a definição de processos de negócios e o foco na produção de valor para o cliente.

Da economia, a maneira de utilizar ou empregar, racionalmente, os recursos escassos que encontramos hoje em nossa sociedade. Além da ampla visão das transformações ocorridas no cenário mundial e nacional, possibilitando a percepção e a dedução das possíveis influências dessas mudanças no segmento de cada empresa.

Então este composto mercadológico, permite proporcionar uma visão bem mais ampla.