Coaching e a Ferramenta Preferência Cerebral

Em 1995, o americado Ned Herrmann publicou o livro O Cérebro Criativo, ainda não disponível em português, apresentando as pesquisas que realizou sobre o funcionamento do nosso cérebro. Ele criou a teoria da DOMINÂNCIA CEREBRAL.

Há milênios, tentamos descobrir como funciona o corpo e a mente.

Na China antiga já se pesquisava os conceitos do cérebro Yin (hemisfério direito – intuição e criatividade) e Yang (hemisfério esquerdo – lógico e analítico).

A teoria de Ned Herrmann classifica os estilos de pensamento em relação ao lado do cérebro dominante.

Pessoas dominadas pelo lado esquerdo são descritas como analíticas, logicas e sequenciais. As dominadas pelo lado direito são mais intuitivas, baseadas em valores e não-lineares.

Preferência Cerebral
Preferência Cerebral

As pessoas tem quatro estilos comportamentais básicos e que em geral, existe a predominância de um deles em cada pessoa, apesar de todos terem um pouco de cada.

O estilo predominante influencia a forma de pensamento e o comportamento das pessoas no seu dia-a-dia.

Não existe um estilo melhor do que o outro, e poderíamos dizer que em uma equipe, o ideal é que houvessem membros com predominância de todos os estilos.

O importante é cada um ter consciência de suas características pessoais e compreender as características dos seus colegas, para evitar e amenizar os conflitos que possam resultar destas diferenças.

Ned criou a ferramenta Preferência Cerebral que permite que seja avaliada a dominância comportamental de acordo com as preferências do indivíduo.

Assim, os resultados referem-se aos seguintes aspectos: valores (o que move o indivíduo) e características comportamentais predominantes no indivíduo.

A avaliação de Preferência Cerebral é fundamental para conquista de alta performance em qualquer área, pois permite um incrível autoconhecimento, para fortalecer os pontos fortes e neutralizar ou minimizar os pontos a desenvolver.

Entenderá como aprende, toma decisão, resolve problemas e se comunica.

Com o preferência cerebral você aprende como identificar o perfil comportamental das outras pessoas, adaptando palavras e ações para que suas colocações sejam realizadas de acordo com a linguagem de melhor entendimento da outra pessoa, permitindo uma comunicação mais efetiva.

A dominação comportamental é representada através de quatro tipos: Idealizador, Comunicador, Organizador e o Executor.

Veja agora o vídeo e conheça um pouco mais sobre a preferência cerebral.

O teste Preferência Cerebral é tão incrível que foi parar na tela da Globo, no horário nobre. O programa Mais Você da apresentadora Ana Maria Braga fez uma matéria de meia hora sobre a Preferência Cerebral.

Para saber mais sobre o conteúdo que surpreendeu a equipe com recorde de acesso no site, veja o link:

http://sergioricardorocha.com.br/preferenciacerebral/

Você conhece o Coaching? Leia o artigo no link abaixo e saiba mais:
http://sergioricardorocha.com.br/coaching-de-vendas/

Coaching e a Ferramenta Preferência Cerebral
Coaching e a Ferramenta Preferência Cerebral